Rio 2016 . Adaptação do Rio de Janeiro para as Olimpíadas.

Rio 2016 . Adaptação do Rio de Janeiro para as Olimpíadas

 

imagem-de-banner-das-olimpiadas

Rio 2016.

No próximo ano, a cidade do Rio de Janeiro receberá os jogos olímpicos. E é claro que para garantir estabilidade e receptividade tanto para os atletas quanto para os turistas neste período, a cidade precisou se readaptar a fim de mostrar ao mundo o porquê foi escolhida para ser palco do maior evento esportivo do mundo.

 

 

As Olimpíadas que acontecerão na cidade do Rio de Janeiro no ano de 2016,  particularmente entre as datas de 5 e 21 de agosto, trarão à cidade maravilhosa aproximadamente 306 provas disputadas em 42 modalidades distintas. Para suportar tamanha competitividade esportiva, serão disponibilizados 34 locais espalhados em quatro pontos da cidade: Maracanã, Copacabana, Deodoro e Barra.

 

 
É claro que um evento tão importante precisa de adaptações que dêem suporte para que as práticas esportivas sejam vivenciadas sem maiores riscos, bem como total conforto aos visitantes que estarão no Rio de Janeiro nesta época.

Para tanto, estão sendo preparadas:

• 14 instalações definitivas;
• 10 instalações para uso temporário;
• 11 instalações que precisam de reforma;
Segundo estimativas, pelo menos por este momento, os gastos chegam a aproximadamente, de acordo com os respectivos locais:
• Parque Olímpico: R$ 2,40 bilhões
• Deodoro: R$ 840 milhões
• Vila dos Atletas: R$ 2,9 bilhões

Diante dos gastos estimados podemos nos perguntar em quais instalações têm se investido tanto dinheiro?

Bom, segundo informações referentes ao investimento e que são provenientes dos governos federal e municipal, além de participação de empresas privadas, o dinheiro para adaptação das Olimpíadas no Rio de Janeiro, foi encaminhado para:

Obras definitivas, mas que ainda estão em construção:

• Arena Carioca 1,
• Arena Carioca 2,
• Arena Carioca 3,
• Centro de Tênis, Velódromo,
• Campo de Golfe, IBC, MPC,
• Vila dos Atletas,
• Arena da Juventude,
• Centro de BMX,
• Centro Olímpico de Hóquei,
• Estádio de Canoagem Slalom
• Estádio de Deodoro

Obras de uso temporário e que estão em construção:

• Arena do Futuro,
• Estádio Aquático,
• Arena de Vôlei de Praia
• Pista de Mountain Bike.

Obras que precisam ser reformadas ou adaptadas:

• Arena do Rio,
• Parque Aquático Maria Lenk,
• Estádio da Lagoa,
• Marina da Glória,
• Centro Aquático de Deodoro,
• Centro Olímpico de Hipismo,
• Centro Olímpico de Tiro,
• Parque Aquático Júlio De Lamare,
• Estádio Olímpico João Havelange,
• Maracanã e Maracanãzinho.

Obras que precisam de instalações para uso temporário:

• Pavilhão 2,
• Pavilhão 3,
• Pavilhão 4,
• Pavilhão 6,
• Forte de Copacabana
• Parque do Flamengo.

Obra pronta:

• Sambódromo.
Realmente, são muitas instalações que precisam ser adaptadas para receber este evento tão importante. Entretanto, segundo informações ligadas à infraestrutura das Olimpíadas, ainda restam 25% de obras a concluir. Porém, segundo detalhes da própria fonte, as partes responsabilizadas não medirão forças para chegar à conclusão com as instalações que precisam ser construídas ou adaptadas, seja para uso permanente, seja para uso temporário.
A grande verdade é que as Olímpiadas Rio 2016 são um evento único e que não foca em somente um esporte, como no caso da Copa do Mundo de Futebol. São muitas modalidades e atletas de acordo com a quantidade estipulada.
Sendo assim, resta a nós brasileiros aguardar a conclusão das obras para que em meados de agosto consigamos recepcionar da melhor maneira inúmeras pessoas dispostas a passar bons momentos aqui no nosso país.

 

 

Rio 2016 . Adaptação do Rio de Janeiro para as Olimpíadas.

 

 

Share This Post On
Booking.com

Deixe aqui seu palpite

Top SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline
%d blogueiros gostam disto: