Pacotes de Viagens. Pantanal do Mato grosso do sul.

Pacotes de Viagens. Pantanal do Mato grosso do sul.

 

 

Pantanal

 

imagem-de-por-do-sol

 

 

Entre as belezas naturais que o Brasil possui, uma das que mais se destaca é o Pantanal.

Sendo a maior planície de inundação contínua do mundo, este presente da natureza é formado principalmente pelas cheias do rio Paraguai e afluentes.

Sua região tem cerca de 250 mil km², sendo que mais de 80% fica no Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. O restante localiza-se principalmente na Bolívia e uma pequena parte ao Paraguai, onde recebe o nome de Chaco.

 

Diversidade.

O Pantanal é famoso por sua diversidade na fauna e flora: são 1.132 espécies de borboletas, 656 de aves, 122 de mamíferos, 263 de peixes e 93 de répteis.

A área também sofre uma mudança radical no decorrer do ano. Na época das chuvas, entre outubro e fevereiro, o Pantanal fica praticamente intransitável por terra.

Já no restante do ano, o solo forma um excelente pasto para o gado. Na região, é possível encontrar o Parque Nacional do Pantanal Mato-Grossense localizado na divisa dos estados MS e MT.

 

 

imagem-de-duas-araras-voando

 

Dentro da área que forma o Pantanal, três cidades se destacam como pontos turísticos obrigatórios para quem quer conhecer a região: Aquidauana, Corumbá e Miranda.

 

Aquidauana

 

imagem-aerea-da-cidade

Fonte: Cidade Interesse Militar

 

A primeira delas, Aquidauana, ganha seu nome do rio que corta o município e conta com águas mansas, formando belas praias de água doce, ponto imprescindível de visitação de turistas nos finais de semana.

Lá, é possível praticar esportes náuticos, tomar banho e pescar. Além do rio, o visitante pode, ainda, ir aos diversos parques naturais da cidade.

Os principais são o Pirizal, João Dias e Lagoa Comprida, que servem de abrigo principalmente para as aves. Há também a possibilidade de visitação de aldeias indígenas ao redor da cidade, onde se pode comprar artesanato.

 

Corumbá

 

Corumbá, localizada no sul do Pantanal, é o ponto de partida para a trilha que atravessa a Estrada-Parque.

Conformado por 120 quilômetros e mais de 80 pontes, o trajeto pode ser feito de carro em um safári a céu aberto. O cenário é formado de diferentes aves, como araras e tuiuiús, e de animais como jacarés, capivaras, veados e sucuris.

Para além da Estrada-Parque, a cidade é marcada pela pescaria, realizada no Rio Paraguai. O rio abriga mais de duzentas espécies de peixes.

 

imagem-do-rio-paraguai

Rio Paraguai

 

 

Lá ocorre também o Festival Internacional de Pesca do Pantanal. Mas vale o alerta: a pesca é proibida em março e abril, quando os peixes se encontram em reprodução. A  PESCARIA NO PANTANAL é uma ótima diversão e serve também com terapia para desestressar.

 

 

Miranda

 

Fonte: SkyscraperCity

 

Já Miranda é a mais afastada das cidades.

Conhecida pelo seu centro histórico, que preserva a arquitetura do início do século 20, a cidade conta com fazendas que servem de pousadas e hotéis, com uma série de diferentes atividades para os visitantes.

Entre elas, cavalgadas, trilhas, safáris e passeios noturnos para ver de perto os imensos jacarés que habitam a região. A cidade é ideal para quem quer relaxar.

 

Como chegar

Para chegar à cidade, é preciso pegar o Trem do Pantanal, que parte de Campo Grande, sempre aos sábados, e retorna à capital sul mato-grossense aos domingos, no início da tarde.

 

Estrutura turística.

Independe de qual cidade você escolha visitar, uma coisa é certa: você encontrará ambientes simples, serviço familiar e saborosos pratos caseiros.

No cardápio, peixes de diversas espécies, mas também é possível encontrar carne bovina.

Como atividades, o Pantanal oferece o safári fotográfico (o objetivo número um é ver uma onça), a focagem noturna e os passeios de barco e a cavalo.

 

Quando ir:

O importante é saber quando visitar essa beleza natural toda.

O Pantanal Norte é sempre o primeiro a alargar, a partir de fevereiro ou março, e as águas baixam novamente em um ou dois meses.

No Sul, elas começam a subir em maio. Assim, o melhor período para pegar estradas secas e trafegáveis é entre julho e setembro.

 

 

Agora que você já sabe como visitar o Pantanal reserve seu hotel e desfrute desta maravilha da natureza.

 

+ PACOTES DE VIAGENS em mato Grosso do Sul

 

FAÇA JÁ SUA RESERVA:

Booking.com

 

Share This Post On
Booking.com

Deixe aqui seu palpite

Top SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline
%d blogueiros gostam disto: